A importância do destino ambientalmente correto das lâmpadas


A importância do destino ambientalmente correto das lâmpadas

As lâmpadas, descartadas de forma incorreta, representam um perigo contra o meio ambiente, uma vez que elas apresentam uma quantidade de mercúrio elevado que pode se propagar-se no meio ambiente ocasionando grandes danos.

Estima-se que no Brasil são descartadas anualmente, de forma inadequada, cerca de 100 milhões de lâmpadas inservíveis contendo mercúrio. Das 100 milhões mencionadas acima, 94% são descartadas em aterros sanitários, não tendo nenhum tipo de tratamento, contaminando os seres vivos com metais pesados.

Quando intactas ou inteiras as lâmpadas não contem risco, no entanto, ao serem quebradas, estas lâmpadas podem colocar em risco a saúde humana. Visto ser uma substância altamente tóxica.

A contaminação do meio ambiente é ocasionada pelo contato com o solo, ar e água. Uma vez em contato com o meio ambiente, o mercúrio chega até o homem e aos animais, sempre ocorrida pela ingestão de alimentos e água contaminada ou através da respiração do vapor de mercúrio (quando as lâmpadas são quebradas por pessoas leigas no assunto).

A longo prazo, um passivo ambiente que poderá recair sobre a própria municipalidade. Embora uma lâmpada encerre apenas uma pequena quantidade de mercúrio, seu efeito acumulativo e persistente proveniente de um grande volume atinge também os seres vivos, inclusive o homem. O mercúrio é facilmente absorvido pelas vias respiratórias e pela pele, quando está sob forma de vapor. No organismo o mercúrio pode causar sérios problemas à saúde, entre eles o sistema neurológico e complicações renais que podem levar à morte.

Para evitar possíveis impactos ao meio ambiente, e, por consequência ao homem, devemos dar um destino adequado às lâmpadas de todos os tipos especialmente as com vapor de mercúrio após o seu uso.

O CONSAB semestralmente faz o levantamento dos tipos e quantidades estocadas em cada município para então realizar a coleta, descontaminação e destinação final das mesmas. Em cada processo, mais de 20 mil lâmpadas são recicladas e certificados são emitidos às prefeituras com a correta deposição do resíduo.


Quantidade arrecadada no segundo semestre de 2014

Conchal 1.675 unidades + 17 kg quebradas

Engenheiro Coelho 1.137 unidades

Artur Nogueira 3.528 unidades

Holambra 1.786 unidades + 9,1 kg quebradas

Cosmópolis 5.133 unidades

Cordeiropolis 1.396 + 5 kg quebradas

Total de Lampadas: 14.655

Total de Lampadas quebradas: 31,1 kg


Quantidade arrecadada em 2015

Coleta, transporte e descontaminação de 6.727 lâmpadas no município de Cosmópolis, mediante certificado.

► certificado-cosmopolis

Quantidade arrecadada em 2016

►certificado-Engenheiro-Coelho
►certificado-Conchal
►certificado-Artur-Nogueira

Quantidade arrecadada em 2018

►CERTIFICADO ECO CONSAB – CORDEIRÓPOLIS 350
►CERTIFICADO ECO CONSAB – Holambra 01 03 2018
►CERTIFICADO ECO CONSAB – JAGUARIÚNA 346
►CERTIFICADO ECO PREF MUNIC DE CORDEIROPOLIS 293
►CERTIFICADO ECO PREF MUNIC DE MATÃO 301